terça-feira, 12 de abril de 2011

A CAÇADORA

oi pessoas:))
eu sou a isahNY e vou fazer a primeira resenha do blog:)
para começar vou falar de um otimo livro que é escrito por uma brasileira que mais parece uma amaricana,viviane fair dona do blog recanto da chefa.
Jéssica tinha uma vida simples de secretária, até descobrir que seus pais – um tranquilo dentista e uma calma professora de ensino médio –  eram na verdade caçadores de vampiros. Depois de ser chantageada por eles com dinheiro e para seguir a tradição da família, acaba sendo obrigada a viajar para Pensilvânia para provar de uma vez por todas que vampiros não existem e que seus pais precisam de terapia. Inscreve-se em uma universidade onde o suposto vampiro atua e é obrigada a passar por adolescente. Faz amigos estranhos, conhecidos por otakus, e é perseguida por líderes de torcida, que é uma das maldições que carrega – arrumar encrenca com qualquer um que seja popular, mesmo sem querer. Embora não acreditando, acaba por começar a cumprir sua obrigação, seguindo um rapaz que só pode ser vampiro – pálido, lindo, só sai à noite e tem cara de que usa muito delineador.
Com o tempo Jéssica começa a perceber que há muito mais além dos livros que lê e corre o risco de se envolver muito mais do que somente o pescoço.
Sorriso de vampiro é o primeiro volume da série A Caçadora, de Vivianne Fair, autora do livro Cavaleiros do RPG, outra comédia de sucesso.
Contra-capa:
– Acho que estou me apaixonando por você.
Não vou mentir dizendo que soltei uma risada interna e pensei que agora ele estava em minhas mãos. Na verdade, me senti tímida como nunca. Um calor violento me percorreu. Comecei a me abanar ridiculamente com o livro do Sherlock.
– Foi antes ou depois de beber meu sangue?
Ele deu uma risadinha discreta. A palavra “armadilha” martelava em minha mente como um badalo de sino.
– Digamos que isso ajudou a me sentir mais íntimo de você.
Certo, ele era o cara mais gato do planeta e por uma ironia do destino o homem que eu devia matar. Sim, você deve considerar que eu me sentia uma adolescente outra vez.
Não a parte que eu tinha que matá-lo, quero dizer.
– Você... me acha bonita?
– Claro, acho você linda.
Ele não sentia nenhum embaraço ao falar. Nem media as palavras.
– A mulher mais linda que você já viu?
– Não.
Definitivamente não media as palavras.
– Não??
– Ora, por favor. Tenho cerca de 800 anos e quantas mulheres você acha que eu vi durante esse tempo? Vi deusas egípcias. Ora, vi até homens mais bonitos do que você!
– Por que não vira pro lado e cai morto?
Ele soltou uma sonora gargalhada e apontou-me um dedo como se fosse uma pistola.
– Ora, porque esse é o seu trabalho!

 espero que tenham gostado:)
fonte:http://www.recantodachefa.com.br/
by:isahNY

Um comentário:

clara:escreve ai??
mariana:se vc nao comentar nao vou gostar de vc!
fernanda:porfavor comente pra gente??
isadora:sabia que no sei-la-onde-quistao é falta d educaçao n comentar??